Samba De Marte - Música Incidental - Coisinha Do Pai

Beth Carvalho

fotos
Traduzir letra para:
  • tradução
Samba De Marte - Música Incidental - Coisinha Do Pai Beth Carvalho
Onde eu cheguei, nenhum mortal chegou
Modestia parte nessa arte, Deus me consagrou
O meu canto ecoou por todo universo
Até em Marte o meu samba fez sucesso

Onde eu cheguei, nenhum mortal chegou
Modestia parte nessa arte, Deus me consagrou
O meu canto ecoou por todo universo
Até em Marte o meu samba fez sucesso

Meu samba não cai, meu samba é raíz
Coisinha do pai que alegra o país
Meu samba é legal e o povo adora
Levanta o astral pelo mundo à fora

Foi bonito de se ver
O meu pagode espacial, que legal
Abalou e acordou o robô
No maior carnaval

Foi bonito de se ver
O meu pagode espacial, que legal
Abalou e acordou o robô
No maior carnaval

O meu samba, de couro, de corda e amor
Decolou do fundo de quintal
Abalou e acordou o robô
No maior carnaval

O meu samba não foi pro espaço
Mas foi ao espaço e chegou na moral
Abalou e acordou o robô
No maior carnaval

O meu samba é raiz pé no chão
Uma constelação que não existe igual, imortal
Abalou e acordou o robô
No maior carnaval

O meu samba é melodia e letra
Planeta e cometa, estação orbital, sideral
Abalou e acordou o robô
No maior carnaval

Onde eu cheguei, nenhum mortal chegou
Ô coisinha tão bonitinha do pai!
Ô coisinha tão bonitinha do pai!


Denunciar conteúdo inapropriado
ouvir música adicionar no player
  • ouvir
Estilos: Samba, Pagode
Publicidade
00:00 / 00:00