O Olhar

Cid Moreira

fotos
Traduzir letra para:
  • tradução
O Olhar Cid Moreira
Agora vou cerrar as pálpebras Senhor,
Pois meus olhos terminaram esta noite seu trabalho
Meu olhar outra vez em minha alma vai entrar,
Após ter passado o dia todo pelo jardim da humanidade

Obrigado, Senhor, por meus olhos janelas abertas para o alto mar
Obrigado pelo olhar que transporta minha alma como o raio generoso
Conduz a luz e o calor de Teu sol
Dentro da noite rezo a Ti para que amanhã quando eu abrir os olhos
À luz da manhã clara, estejam prontos para servir à minha alma e ao seu Deus

Faze que sejam claros meus olhos Senhor,
E que meu olhar bem reto desperte uma fome de pureza
Faze que não seja nunca um olhar desiludido, e desesperado
Mas saiba admirar, extasiar-se, contemplar

Dá-me aos olhos a graça de saberem fechar-se para melhor Te encontrar,
Mas que nunca se afastem do mundo por medo
Dá-me ao olhar a graça de ser bastante profundo
Para reconhecer Tua presença no mundo
E faze que jamais meus olhos se fechem à miséria das pessoas

Que meu olhar Senhor, seja limpo e firme mas saiba enternecer-se,
E que meus olhos sejam capazes de chorar

Faze que meu olhar não suje o que tocar, não perturbe, mas serene;
Não entristeça, mas semeie a alegria
Faze que meu olhar transtorne por ser um encontro, o encontro de Deus.

Que seja o apelo, o toque de clarim que mobilize toda a gente
Cada qual à soleira da porta, não por causa de mim Senhor,
Mas porque vais passar

Para que meu olhar seja tudo isto Senhor,
Uma vez mais esta noite, eu Te dou a minha vida,
Eu Te dou os meus olhos, para que ao olhar os homens e as mulheres,
Meus irmãos e irmãs, sejas Tu quem os olhe e de dentro de mim lhes acene.
Amém


Denunciar conteúdo inapropriado
ouvir música adicionar no player
  • ouvir
Estilos: Gospel/Religioso
Publicidade
00:00 / 00:00