Olha A Pisada/Boiadeiro (Ao Vivo)

Luíz Gonzaga

fotos
Traduzir letra para:
  • tradução
Olha A Pisada/Boiadeiro (Ao Vivo) Luíz Gonzaga
Assim era que cantava os cabras de Lampião
Dançando e xaxando nos forró do sertão
Entrando numa cidade ao sair dum povoado
Cantando a rendeira se danavam no xaxado

Eu que me criei na pisada
Vendo os cangaceiros da pisada
Danço com sucesso na pisada de Lampião

Olha a pisada tum tum tum tum (3x)
Olha a pisada de Lampião

Em Pernambuco ele nasceu
Lá no Sergipe ele morreu
O seu reinado a ninguém deu
Mas o xaxado tem que ser meu

Tem, tem que ser meu
Tem, tem que ser meu

Olha a pisada tum tum tum tum (3x)
Olha a pisada de Lampião

Olé, Mulher Rendeira,
Olé mulhé rendá,
Saudade levo comigo,
Soluço vai no emborná

Assim era que cantava os cabras de Lampião
Dançando e xaxando nos forró do sertão
Entrando numa cidade ao sair dum povoado
Cantando a rendeira se danavam no xaxado

Eu que me criei na pisada
Vendo os cangaceiros da pisada
Danço com sucesso na pisada de Lampião

Olha a pisada tum tum tum tum

Vai boiadeiro que a noite já vem
Guarda o teu gado e vai pra junto do teu bem


Denunciar conteúdo inapropriado
ouvir música adicionar no player
  • ouvir
Estilos: Forró
Publicidade
00:00 / 00:00