Bahia Blues

Pitty

fotos
Traduzir letra para:
  • tradução
Bahia Blues Pitty
Cresci na ladeira do prata
Andei no campo da pólvora
Rodei pela barroquinha
O bar do pai, a boemia
A mãe secretária na sapataria
A reza da escola todo santo dia
Medalha de santo pra boa menina

Cantina da lua, lá no terreiro
E a sinergia da rosário dos pretos
Moeda jogada no poço em nazaré, faz pedido
Menina pediu pra se encontrar
Nunca é tarde demais
Pra voltar pro azul que só tem lá

Eu vim de lá
Eu vim de lá, baby
Eu vim de lá mas não posso mais voltar

Costa azul, energia adolescente
Corpo, mente, em ebulição
As gangs, os boys, as minas, os tchus
E finalmente, o violão
Furdunço na roda de pogo
Calor acolhedor do calypso
Lapa na madruga é pra quem tem coragem
E pra quem sente que nasceu pra isso

Carranca na cara, coturno no pé
Agreste feito mandacaru
E o rio vermelho me carregou
Cada viela, cada beco me levou
Prum quarto dos fundos em salvador
(carcará quis explorar)
Retirante cultural da seca do meu lugar
E pra quem nasceu de asa, o pecado é não voar
Nunca é tarde demais
Pra voltar pro azul que só tem lá

Eu vim de lá
Eu vim de lá, baby
Eu vim de lá mas não posso mais voltar

Eu vim de lá
Eu vim de lá, baby
Eu vim de lá
E agora eu posso voltar


Denunciar conteúdo inapropriado
ouvir música adicionar no player
  • ouvir
Estilos: Rock, Pop/Rock, Punk Rock, Hard Rock, Gótico
Publicidade
00:00 / 00:00