Bon Voyage (Crioulo em Paris)

Rincon Sapiência

fotos
Traduzir letra para:
  • tradução
Bon Voyage (Crioulo em Paris) Rincon Sapiência
Colocando euro no meu bolso
Coloque champagne na minha mesa
Coloco Paris no meu destino
Meu hino não é tipo marselhesa
Colocando um pouco de melanina
Combina o charme com gentileza
Trocando olhares com a argelina
Chegou a mensagem da congolesa

É pa ri, pa ri
É pa ri, pa ri
Olha a picadilha do neguí
É pa ri, pa ri
Quem disse que eu não ia seguir
La musique
Est ma vie
Eu trouxe o tempero de pequi
O charme da nega tá aqui
Vestido da cor de caqui

É mais do que giros e closes
Trabalho
Não é pose
Pouco tempo pra ir na Cohab
Tomar um Kariri lá na Rose
A culinária é tão chique
Mas eu perguntei que que houve
Saudade da minha gororoba
Faz falta feijão e um couve

Conhecer o mundo é instigante
De cabeça erguida me vi gigante
Leviano Brasil com boliviano
No pião em Paris eu sou imigrante

Xenofobia ignorante
Voei
Cruzei mar
Jogando com a rima visto a dez
Estreei
Tipo Neymar

Vive
Garimpa
Trabalha
Viaja
Confere
Carimba
Embarca
Viaja
Um bom chá
Pimbá!
E a mente
Viaja
Se um dia a terra secar
Reaja
Viaja
Mundo é grande
Vem ver
Custa nada sonhar
Meu trabalho é lazer
Viajei
Um crioulo livre
Ninguém vai me comprar
Bon voyage
Ôo, Ôo, Ôo...
Ôo, Ôo, Ôo...
Ôo, Ôo, Ôo...
Crioulo em Paris

Curtindo a viagem pensando nos drama
Depois do trabalho a insônia
Notícias do Brasa
Cenário embraza
Venderam nossa Amazônia
Mistura de raças e credos
Intolerância errônea
Imigrantes só são imigrantes
Porque num instante eles foram colônia
Paris a cidade que encanta
Mas o sangramento não estanca
Pretona turbante vermelho
Passeando com crianças
Bem brancas
Manos e manas do Siri Lanka
Marroquinos da rua metendo banca
Tô metendo rima
Não entendem nada
Mas o corpo deles
Tão metendo dança

Grifes incríveis
As minas são tão fancy
Um maloqueiro tão fashion
Acumulando pertence
Jaqueta já me pertence
Quepe já me pertence
Vão julgar se o gueto perder
Falo memo quando o gueto vence

Mundão tão bom é voar
Verão em Paris
É suor
No vinho não pode amoar
Ela convidou d'accord
Danse avec moi
Respiro perfume Dior
No céu brilhando a lua
Desenrolando na melhor

Vive
Garimpa
Trabalha
Viaja
Confere
Carimba
Embarca
Viaja
Um bom chá
Pimbá!
E a mente
Viaja
Se um dia a terra secar
Reaja
Viaja
Mundo é grande
Vem ver
Custa nada sonhar
Meu trabalho é lazer
Viajei
Um crioulo livre
Ninguém vai me comprar
Bon voyage
Ôo, Ôo, Ôo...
Ôo, Ôo, Ôo...
Ôo, Ôo, Ôo...
Crioulo em Paris


Denunciar conteúdo inapropriado
ouvir música adicionar no player
  • ouvir
Publicidade
00:00 / 00:00