CABORÉ 3d

Sinhô Preto Velho

fotos
Traduzir letra para:
  • tradução
CABORÉ 3d Sinhô Preto Velho
Eu sou caboré sou caboré 3d,
Mamulengo no feitiço feito um exu Erê

Toque de palavras não veio me coagir, a tecnologia
No meu rosto a refletir, a fome e a desordem e
O regresso da bandeira ,voltar ao meu cangaço e
cantar mulher rendeira, andar pelas matas feito
um xavante ou um pataxo, lembranças de um Erê,
Brincar de escravo de Jó, dentro da senzala, dentro
De uma tribo, não sei mais que eu sou e por isso
Que lhe digo, e falo com toda a clareza de quem estuda
A cibbernetica, sou filo de Xangô e não ferirei aética
Que está presente em meu terreiro tecnológico
Embora o que falo nem sempre parece lógico
Lógico paraeles cabeça tupininquim
No meu peito explode a guia, na mão o tamborim
Eu sou brasileiro, aqui faço presente, fazendo
Hip Hop pra toda essa gente, que sobe desce o
Morro na batida do pandeiro, no toque do atabaque
Dentro de terreiro, arquivando na memória
O Quilombo do Piolho sinhozada samba funk
Embolada e muito jongo

Eu sou caboré sou caboré 3D
Mamulengo no feitiço feito um Exu Erê


Denunciar conteúdo inapropriado
ouvir música adicionar no player
  • músicas
Publicidade
letras de Sinhô Preto Velho
as mais acessadas:
00:00 / 00:00