Pranto de Poeta

Cartola

cartola
Traduzir a letra da música para:
  • tradução para português
Pranto de Poeta
Em Mangueira
Quando morre
Um poeta
Todos choram

Vivo tranqüilo em Mangueira porque
Sei que alguém há de chorar quando eu morrer

Mas o pranto em Mangueira
É tão diferente
É um pranto sem lenço
Que alegra agente

Hei de ter um alguém pra chorar por mim
Através de um pandeiro ou de um tamborim


Denunciar conteúdo inapropriado
play vídeo adicionar no player
Samba, Pagode
Publicidade
00:00 / 00:00