Quem Nasce para Tatu, Morre Cavando

Falcão

fotos
Traduzir a letra da música para:
  • tradução para português
Quem Nasce para Tatu, Morre Cavando Falcão
Já que tudo foi dito amor
Só nos resta refletir
Se o açúcar é branco
O sal é da mesma cor

Sem falar na farinha
Que também é muito natural
Que a loucura é um dom
De quem se julga normal

Pois o que é cachorro não é raposa
O que é rapariga não é esposa
Quem nasceu pra rock e vera
Nunca será Silva nem Souza
O que é cachorro não é raposa
O que é rapariga não é esposa
Quem nasceu pra rock e vera
Nunca será Silva nem Souza

Pois tava escrito na lousa
Uma coisa é uma coisa
E outra coisa é outra coisa
Estava escrito na lousa
Uma coisa é uma coisa
E outra coisa é outra coisa

Já que tudo foi dito amor
Só nos resta refletir
Se o açúcar é branco
O sal é da mesma cor

Sem falar na farinha
Que também é muito natural
Que a loucura é um dom
De quem se julga normal

Pois o que é cachorro não é raposa
O que é rapariga não é esposa
Quem nasceu pra rock e vera
Nunca será Silva nem Souza
O que é cachorro não é raposa
O que é rapariga não é esposa
Quem nasceu pra rock e vera
Nunca será Silva nem Souza

Pois tava escrito na lousa
Uma coisa é uma coisa
E outra coisa é outra coisa
Estava escrito na lousa
Uma coisa é uma coisa
E outra coisa é outra coisa
Estava escrito na lousa
Uma coisa é uma coisa
E outra coisa é outra coisa


Denunciar conteúdo inapropriado
play vídeo adicionar no player
  • ouvir música Falcão - Quem Nasce para Tatu, Morre Cavando
Estilos: Forró, Brega
Publicidade
00:00 / 00:00