Adeus minha sogra

Jaimão

Jaimão
Traduzir a letra da música para:
  • tradução para português
Adeus minha sogra
Já foi tarde
Puta que a pariu
Eu nao tive a culpa
A velha é qe caiu

Eu sei qe tu tambem estavas a espera
E sempre soubeste qe a gaja era bera
Mas ficamos com a hernaça, e nossa por direito
Nao leves as coisas, tao a peito

Pensei qe fosse o fim,
Mas nao acabou ali
A vaca da minha sogra, no inferno ainda se ri

Veio-me puxar a perna, em sinal de vingança
Arruinar a minha vida e a minha esperança
Mas nunca me enganou, ja desconfiava
Que a puta da velha nao me gramava

Eu beijei-te e a velha a olhar
Deitaste-me na cama e a puta a assombrar
Ela peidou-se, ainda lhe sinto o cheiro
Na brisa do além, com a dor no cagueiro

Adeus minha sogra, ja foi co caralho
Sempre foi uma vaca, mas ja se foi...
Adeus minha sogra, ja nao da trabalho
Voce sempre qis qe a sua filha fizesse de mim um boi...

Tive um pesadelo, assustado acordei
Parecia o espirito da velha, afinal era o meu cao
Escondi-me nos lençois
E logo noite um bocado de baba, no meu colhao

Começaste a chorar quando te abracei
E voltaste a adormecer
Senti um arrepio quando me levantei
Achei que a velha nos estava a ver

Caguei-me de medo, comecei a rezar
A tua voz sussurrou "Vais-te foder"
A janela bateu com a corrente de ar
Mijei o pijama e comecei a correr

Adeus minha sogra, ja foi co caralho
Sempre foi uma vaca, mas ja se foi...
Adeus minha sogra, ja nao da trabalho
Voce sempre qis qe a sua filha fizesse de mim um boi...

Ainda sinto a sua... a sua presença
Quando me estou a deitar
Rezo para o diabo a levar
Mas nem o demo, nem o demo a quer aturar...

Adeus minha sogra, ja foi co caralho
Sempre foi uma vaca, mas ja se foi...
Adeus minha sogra, ja nao da trabalho
Voce sempre qis qe a sua filha fizesse de mim um boi...

Estou tao contente
Estou tao contente
Estou tao contente... aii...
Estou tao contente
Estou tao contente
Estou tao contente
Estou tao contente...


Denunciar conteúdo inapropriado
play vídeo adicionar no player
Publicidade
00:00 / 00:00