Floribela (cabroes Dos Ricos)

Jaimão

Jaimão
Traduzir a letra da música para:
  • tradução para português
Floribela (cabroes Dos Ricos)
Cabrões dos ricos que tudo têm,
Mas pra que serve tanto dinheiro
Compram tudo esses cabrões,
Carros, barcos e aviões
Fazem viagens ao estrangeiro,
Senifam coca a levar no cagueiro,
Dizem que dinheiro não dá felicidade,
Puta que os pariu... isso não é verdade!
Os ricos têm tudo por inteiro
E os pobres até cona é pela metade


Refrão (2x)

Não tenho nada,
Mas tenho quase tudo
Sou rica em sonhos mas
Pobre pobre em ouro
Ai quem me dera ter muito dinheirinho,
Tinha uma casa na buraca
E dava um xupa ao meu filhinho


Os pobres já nascem azarados
E os seus filhos já nascem cagados,
E se um dia merda valer dinheiro,
O pobre nasce sem cagueiro,
O pobre acorda com o pé direito,
Já pisa no penico cheio de merda,
Filho de pobre vai pra engenheiro
Mais cedo ou mais tarde,
Dá aí paneleiro,
Até nisso os ricos têm lei,
Filho de rico não é paneleiro é gay!


Refrão (3x)


Denunciar conteúdo inapropriado
play vídeo adicionar no player
Publicidade
00:00 / 00:00